Histórico Municipal > Bandeira Municipal

Bandeira Municipal



A Bandeira do Município foi adotada pela Lei n. 568, de 4 de julho de 1960. Na Bandeira estão representadas as cores do Estado de São Paulo, preto, vermelho e branco, e o Brasão de Armas do município.



A Bandeira Municipal será feita considerando o que segue:

  • Para o cálculo das dimensões será tomada por base a largura desejada, que será dividida em 14 partes; será considerada um módulo;
  • O comprimento será sempre de 20 módulos;
  • O Brasão de Armas do município deverá estar colocado no centro do quadrilátero;
  • As listras são em número de trás, em horizontal, na parte superior a listra de cor vermelha, no centro a branca e na parte inferior a preta;
  • As duas faces deverão ser exatamente iguais, sendo vedado fazer uma face como avesso da outra e a forma e cores do Brasão, colocadas no centro, serão sempre oficiais, inalteráveis.

A Bandeira Municipal pode ser usada em todas as manifestações cívicas de caráter oficial. Ela poderá ser apresentada:

  • Hasteada em mastros nos edifícios públicos e particulares, templos, campos esportivos, salas de aula, auditórios, ruas e praças e em todos os lugares onde lhe seja assegurado o devido respeito;
  • Reproduzida em veículos, vidraças e paredes;
  • Compondo panóplias, escudos ou peças semelhantes;
  • Conduzida em formaturas, desfiles ou mesmo individualmente;
  • Distendida sobre ataúde até a ocasião do sepultamento;
  • A Bandeira Municipal será hasteada diariamente à esquerda da Bandeira Nacional, sempre que o chefe do executivo no exercício do cargo, encontrar-se na cidade. Ela ficará no topo de um dos mastros plantados na Praça Complementar existente à direita do Paço Municipal Florivaldo Leal;
  • A Bandeira Municipal poderá ser hasteada a qualquer hora do dia e da noite, sendo à noite devidamente iluminada;
  • Quando várias bandeiras forem hasteadas, a Bandeira Municipal deverá estar imediatamente ao lado esquerdo da Bandeira Nacional;
  • Quando em funeral, a Bandeira Municipal ficará a meio mastro, e quando conduzida em cortejo fúnebre, o luto será indicado por um laço de crepe atado junto à lança.
Voltar ao topo