O município de Presidente Prudente, pelo segundo ano consecutivo, foi contemplado com a Unidade Móvel da Carreta Mulheres de Peito, Programa do Governo do Estado de São Paulo que oferece exames de mamografia gratuitamente a mulheres com mais de 35 anos. Os atendimentos acontecerão entre os dias 18 de junho e 13 de julho de 2024, no Estacionamento do Hospital de Esperança.

Serão distribuídas 55 senhas por demanda espontânea, de segunda a sexta-feira, para atendimento no mesmo dia de início da carreta, das 8h às 17h. Aos sábados, 25 senhas, das 8h às 12h (exceto nos feriados).

As mulheres entre 50 e 69 anos são o público-alvo da campanha, portanto, poderão realizar o exame apresentando apenas o RG e o Cartão SUS. Conforme o Ministério da Saúde, nesta idade é indicada a mamografia de rastreamento uma vez a cada dois anos. O exame de rotina deve ser feito periodicamente em mulheres sem queixa específica, com o objetivo de detectar precocemente alguma alteração que possa indicar a possibilidade de alguma doença.

Para mulheres de 35 a 49 anos e mulheres com mais de 70, é necessário apresentar o pedido médico SUS, cartão SUS e RG.

De acordo com o secretário Municipal de Saúde de Presidente Prudente (Sesau), Breno Erbella Casari, mais 1.000 mulheres serão contempladas neste ano, conforme a estimativa, alcançando 3.000 exames entre 2023 e 2024. “Agradecemos ao governador Tarcísio de Freitas e ao Secretário de Estado da Saúde, Eleuses Paiva, que novamente atenderam a solicitação de Prudente e beneficiará também a região”.

Atendimento à imprensa

Os veículos de comunicação que desejam fazer fotos e filmagens precisam obrigatoriamente entrar em contato com a assessoria de imprensa FIDI, responsável por assessorar o serviço, para que sejam feitas as autorizações: imprensa.fidi@agenciafr.com.br ou pelo telefone (16) 99623-2823.

Conforme as regras da Fidi, as pacientes não podem ser fotografadas ou filmadas, principalmente em momento de exame, de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Para filmar as pacientes, é necessário pedir autorização, ficando o veículo solicitante único e exclusivamente responsável pelo uso de imagem.

Fonte: Secretaria de Comunicação